Hoje é seu dia, biólogo!

Profissão que muito nos honra, pois, aqui na Pró-Ambiente você é a estrela!

 

 

 

Por Tairi T. Gomes – Biólogo, economista com especialização em Gestão da Sustentabilidade, CEO da Pró-Ambiente Assessoria Ambiental.

 

Há alguns anos, essa profissão era praticamente desconhecida pela população, mas hoje se sabe bem o que o biólogo faz: ele estuda a vida, nas suas mais diversas facetas. Comemorar o Dia do Biólogo em um período pandêmico, no qual, mais do que nunca, a ciência e o seus profissionais são os soldados da frente de batalha para manutenção da vida, é algo muito emblemático.

A profissão tornou-se legal após a lei nº 6.684, em 03 de setembro de 1979, ter sido sancionada. Essa lei também criou o Conselho Federal de Biologia e os Conselhos Regionais. O Dia do Biólogo foi instituído exatamente na mesma data de criação dessa lei.

Há biólogos que estudam análises clínicas, se destacando em laboratórios, fazendo exames; há os que estudam a vida marinha e se dedicam às baleias, golfinhos, peixes; há os que se dedicam à zoologia, nos seus mais diversos grupos – aves, mamíferos, corais, anfíbios, vermes, abelhas -; e aqueles que estudam as plantas. Há também os geneticistas, os microbiologistas, e os especialistas em paisagismo.

A área de atuação do biólogo é bastante ampla e divide-se em três campos principais: Meio Ambiente e Biodiversidade, Saúde, Biotecnologia e Produção. Dentro dessas áreas, os biólogos podem trabalhar, por exemplo, com bioética, bioinformática, controle de pragas, gestão de coleções biológicas, ecoturismo, educação ambiental, gestão de recursos hídricos, mudanças climáticas, perícia forense, saneamento ambiental, aconselhamento genético, análises citogenéticas, análises clínicas, testes em animais, reprodução humana assistida, terapia gênica, desenvolvimento de organismos geneticamente modificados, entre vários outros campos.

 

Aqui, na Pró-Ambiente, estão os biólogos que se dedicam ao meio ambiente, ao seu estudo, à sua recuperação, bem como ao seu monitoramento.

Então, PARABÉNS A TODOS NÓS, que estamos nessa linda área do conhecimento.

 

E lembrando: “Toda a vida na Terra é a mesma vida. Existem diferenças superficiais que nos parecem importantes. Mas, bem lá no fundo do coração de todos os tipos de vidas, somos iguais. Plantas, animais e micróbios são na realidade nossos primos, o resultado de milhões de anos de evolução, a partir de um ancestral comum, microscópico e muito humilde”.

 

Conheça a gente: www.proambientecampinas.com.br