No mês de junho a equipe da Pró-Ambiente desenvolveu 34 estudos técnicos ambientais, dentro do rol de serviços disponibilizados para seus clientes, com destaque para início da elaboração do PMMA do município de Jundiai-SP.

 

“Iniciamos, com muito orgulho, O PLANO DE MANEJO DA MATA ATLÂNTICA E CERRADO, chamado PMMA, para o município de Jundiaí-SP”, afirmou o CEO da Pró-Ambiente Assessoria Ambiental, Tairi T. Gomes.

 

O Plano de Manejo da Mata Atlântica (PMMA), instituído no artigo 38 da Lei da Mata Atlântica (11.428) – de dezembro de 2006 -, é um instrumento legal que direciona e possibilita que os municípios atuem proativamente na conservação e recuperação da vegetação nativa da Mata Atlântica. 

 

“O plano fará um diagnóstico do município em diversos aspectos ambientais, e o resultado será um prognóstico apontando ações prioritárias e áreas para a conservação, manejo, fiscalização e recuperação da vegetação nativa e da biodiversidade da Mata Atlântica, incluindo também o cerrado, o qual também é um dos biomas de Jundiaí.”, explica o biólogo, especialista em Gestão da Sustentabilidade.

 

O trabalho, com duração de 4 meses, inclui vários estudos técnicos, levantamentos de dados primários e secundários de fauna e vegetação, dados de parques e áreas protegidas, diversos mapeamentos, como de fragmentos florestais e de áreas de preservação permanente (APP). “Temos um caminho pela frente que muito nos alegra e gratifica. Com a experiência de 20 anos da Pró-Ambiente na área ambiental, acreditamos que temos muito a contribuir para que esse trabalho tenha êxito.”, fundamenta Tairi Gomes.

 

Nesse período, a Assessoria de Gestão Ambiental, desenvolveu processos de gestão baseados em:

 

•  ESG;

•  Laudos de vegetação

•  Estudos de fauna

•  Elaboração de anexos ambientais para GRAPROHAB;

•  Estudos de Impacto de Vizinhança (EIV);

•  Elaboração de Relatório Impacto Ambiental (RAP);

•  Gestão ambiental de obras;

•  Due Dilligence ambiental;

•  Planos de controle ambiental;

•  Laudos e monitoramentos de plantios;

•  Licenças de operação em CETESB;

•  Icônicas certificações pelo Selo Pró-Ambiente de Sustentabilidade.

 

 Nos próximos meses daremos mais informações sobre esse grandioso trabalho. Acompanhe: www.proambientecampinas.com.br